Curiosidades

Como fazer: Biofertilizante Super Stange

Escrito por Gabriel Caldeira
 
 
vai precisar de…
 
– Tambor plástico azul de 220 litros (se a boca for pequena, de apenas um palmo, cortar retirando toda parte de cima);
– Compressor de aquário para 100 litros (custa entre 40 e 60 reais);
– 20 litros de esterco de vaca, que não tenha tomado sol ou chuva, e que tenha até 10 dias que esteja sendo recolhido e guardado na sombra;
– 20 litros de esterco de galinha poedeira;
– Duas latas de mato tirado do meio de sua roça, bem picado no facão ou na picadeira (quanto mais variado o mato melhor. Cada planta “pega” e retira em maior quantidade do solo um tipo de “adubo diferente” do solo);
– 10 quilos de cinza de fogão (sem carvãozinhos e que não tenha plástico queimado junto com a madeira, porque solta um veneno perigoso, a Dioxina);
– 1 metro de tronco de bananeira picada de maneira grosseira ou 20 litrosde palha de café;
– 3 Kg de fubá;
– 2 Kg de calcário;
– 10 litros de caldo de cana, ou 5 litros de melado ou4 Kg de rapadura picada;
– 10 litros de leite ou20 litros de soro de leite sem sal;
– 4 litros de EM Caipira (receita na outra página).
 
Modo de preparo:
Colocar o tambor num local de sombra total. Primeiro colocar 100 litros de água (se for água encanada, deixar 24h no tambor para sair o cloro). Numa bacia, misturar o fubá e o calcário e despejar dentro do tambor. Fixar a bombinha de ar para aquário perto do tambor (pode ser até mesmo na borda do tambor, com fita isolante para segurar). Amarrar uma pedrinha na ponta da mangueirinha pra ela ficar não boiar e colocar a mangueira transparente no fundo do tambor. O compressor deve ficar ligado 24 horas até acabar de usar todo o líquido.
Depois colocar o mato do meio da roça, os estercos, a bananeira picada e, por último colocar o caldo de cana, o leite e o EM. Em 15 dias estará pronto, manter o compressor de aquário até terminar o líquido. Para usar, mexer bem, coar bem (coe primeiro num sombrite, e depois tela bem fininha de Nylon, não pode coar em tecido de algodão, senão os “bichinhos bons” ficam agarrados no tecido de algodão!) acrescentar a quantidade de cinza de 50 gramas para cada litro de Biofertilizante retirado e colocar numa bomba costal que nunca foi usada com agrotóxicos!
Usar de 200 a 500 ml por bomba costal de 20 litros para hortaliças a cada 15 a 20 dias
Para pomar, de 5 litros diluídos em água limpa por bomba costal de 20l mensalmente.
Para café, de 6 litros diluídos em água limpa por bomba costal a cada três meses.
A quantidade vai depender de várias coisas, a principal é o tamanho da planta: planta maior, mais biofertilizante.
 
E.M. CAIPIRA:
Material Necessário:
– ½ quilo de arroz (quanto mais sujo e quebrado o arroz, melhor. O integral da roça é o ideal).
– 3 pedaços de Bambu gigante, cortado com 40 centímetros de comprimento e depois, cortado ao meio, fazendo duas “canoas”.
 
Modo de preparo:
1- Cozinhar o arroz só na água (sem tempero). Quando estiver empapado desligar o fogo e deixar esfriar. Pegar uma metade do bambu e coloque o arroz até encher bem essa metade, colocar a outra metade do bambu em cima, fechando de novo as duas metades, mas tomando o cuidado de virar o lado da parte de cima, para que não feche completamente dos lados, deve ficar uma greta fininha, que é por onde vão entrar os bichinhos ou microorganismos.
2- Numa mata, procurar um local com muitas folhas no chão, que seja úmido. Ali abrir um buraco suficiente para que todo o bambu fique dentro da terra, mas sem enterrar o bambu, cobrir com muitas folhas. Importante que a profundidade do buraco seja da mesma altura do bambu. Marcar o local com uma vareta de bambu de 30 centímetros (lembre-se que vc deverá voltar ao local em 5 a 8 dias!).
Depois de 5 a 8 dias, vá ao local e abra o bambu. Caso o arroz esteja colorido: vermelho, amarelo e laranja, estará pronto. É possível que tenha as cores: cinza, marrom ou preto. Em pouca quantidade (até 10%), sem problemas, no entanto, se mais que 10%, tire essas cores e use o restante.
Coloque em garrafas tipo PET (verdes de preferência) um litro de água de mina. Acrescentar um copo pequeno do arroz colorido, e 2 copos de caldo de cana, completar com água até seis dedos da tampa, aperte a PET para sair todo o ar e colocar a tampinha, colocar a PET dentro de uma caixa de papelão da altura da PET. Fechar a caixa adequadamente, vedando para não entrar claridade.
Abrir a cada 24 horas as garrafas, bem devagar, porque vai formar gás e dar pressão!
O EM-Caipira estará pronto quando parar de sair gás. Isso leva de 20 a 30 dias.

fonte:Consultor em Agricultura Orgânica: Moysés Veiga.

 

Sobre o autor

Gabriel Caldeira

Técnico Ambiental, Blogueiro, youtuber, adepto a esportes radicais em meio a natureza, professor de geografia e de vários cursos virtuais, atualmente está cursando Geografia na PUC Minas. Trabalha incansavelmente, para promover o compartilhamento de informações relevantes na rede, escreve, grava, edita e compartilha todo tipo de coisa que envolva a geografia.
É aspirante a documentarista, engajado nas causas ambientais e sempre caminha no sentido da inovação.

Deixe um comentário