Geologia

Agentes Endógenos e Exógenos

  Quando estudamos as formas do relevo terrestre, devemos considerar dois grandes agentes formadores: os Endógenos (internos) e os Exógenos (externos). Quando acontece um soerguimento de uma cadeia montanhosa, existem forças que modelam a paisagem, como as águas da chuva. Desta maneira, existe sempre essa interação destes dois agentes, que atuam conjuntamente na formação do relevo da Terra.

  • AGENTES ENDÓGENOS (INTERNOS)

   Os agentes internos estão relacionados a todos os movimentos causados por alguma ação geológica, que tem sua gênese com alguma força interior da Terra. Um dos exemplos são as Falhas, ou Falhamentos, que causam deformações na superfície do nosso planeta. Os falhamentos com desenvolvimento vertical podem ser considerados como movimentos Epirogenéticos, pois existe a ascendência ou a subsidência da superfície terrestre.

Tipos de falhas geológicas Fonte:<http://claramartinsfafe.blogspot.com/2010_05_01_archive.html>

Dentro destes falhamentos, podemos ter soerguimentos, formando áreas mais altas como os Horsts e quando o terreno se abaixa por algum falhamento, chamamos de Graben.

Numa falha, à elevação chama-se Horst e à depressão (vale) chama-se Graben. Fonte: <http://cienciasreticencias.webnode.pt/portfolio/falhas-e-dobras/>

 

Uma falha. Fonte: <http://thiagoazeredogeomorfologiageral.blogspot.com/2011/04/relevo-estrutural.html>

Um relevo formado por uma Escarpa de falha. Fonte: <http://rio-maior-cidadania.blogspot.com/2010/12/escarpa-de-penas-de-andorinha-em.html>

 

    Outro fator que pode modificar a superfície, são movimentos Orogenéticos, ou seja, se desenvolvem por alguma pressão horizontal. Os relevos resultantes dessas forças laterais são chamados de relevos Dobrados (Dobramentos). As partes com a dobra com direção ao interior da terra, são chamadas de anticlinais, e as pro céu, são as sinclinais, conforme a figura abaixo:

Um relevo dobrado com Anticlinais e Sinclinais. Fonte: <http://thiagoazeredogeomorfologiageral.blogspot.com/2011/04/relevo-estrutural.html>

 

Uma pequena dobra. Fonte: <http://thiagoazeredogeomorfologiageral.blogspot.com/2011/04/relevo-estrutural.html>

    Dependendo da atividade geológica, áreas com intensa atividade vulcânica podem trazer materiais magmáticos para a superfície terrestre, fazendo com que esta tenha novas características, depois de que estas rochas ígneas estiverem cristalizadas. Portanto o vulcanismo pode ser considerado também como um agente endógeno.

Atividade vulcânica. Fonte: <http://www.apolo11.com/vulcoes.php?titulo=Cientistas_perfuram_poco_e_encontram_magma_incandescente&posic=dat_20090105-081148.inc>

  • AGENTE EXÓGENOS (EXTERNOS)

    A radiação solar juntamente com os fenômenos meteorológicos, atuam como os agentes externos do relevo. O calor do sol e as águas são os grandes modeladores das paisagens e fazem essa esculturação em toda a superfície criada por algum agente interno. O radiação que vem do Sol faz com que haja o intemperismo físico das rochas, ou seja, elas se desagregam.

Já as águas, agem primeiramente com o intemperismo químico, que altera os minerais da rocha, transformando em minerais de solo, fazendo com que o relevo tome a forma que deve tomar, de acordo com a proporção que estes intemperismos agem na Terra.

Chuva e sol, os grandes agentes modeladores do relevo pelos intemperismos. Fonte: <http://falecombrunosilva.blogspot.com/2010/09/o-sol-e-chuva-caim-pra-todos.html>

 

    Após o intemperismo agir, os processos erosivos começam a acontecer, fazendo com que o relevo terrestre ganhe a sua forma. Estes processos são fundamentais para deixar o relevo mais aplainado, mais baixo, agindo concomitantemente com os agentes endógenos.

Os processos erosivos como modeladores da paisagem. Fonte: <http://biogeo.paginas.sapo.pt/geo12/geo12_contents02.htm>

 

 

Fonte do texto acima: <http://professoralexeinowatzki.webnode.com.br/>

Sobre o autor

Gabriel Caldeira

Técnico Ambiental, Blogueiro, youtuber, adepto a esportes radicais em meio a natureza, professor de geografia e de vários cursos virtuais, atualmente está cursando Geografia na PUC Minas. Trabalha incansavelmente, para promover o compartilhamento de informações relevantes na rede, escreve, grava, edita e compartilha todo tipo de coisa que envolva a geografia.
É aspirante a documentarista, engajado nas causas ambientais e sempre caminha no sentido da inovação.

Me siga: https://www.instagram.com/gabrielgeografando/

Deixe um comentário

1 Comentário

  • Trabalho excelente. Mas só uma análise. No 2º parágrafo do texto, sobre agentes exógenos (externos), o verbo tomar ficou meio esquisito na sua colocação. Agora que você deve estar formado ficaria legal reformar esse parágrafo. Mas parabéns, fora isso contribuiu muito para o meu aprendizado. Valeu! 🙂