Tá na rede

Apontamentos: Boaventura de Sousa Santos

Conteúdo: ciência, conhecimento científico UM DISCURSO SOBRE AS CIÊNCIAS – Boaventura de Sousa Santos
Boaventura de Sousa Santos (2010) faz um registro na obra “Um discurso sobre as Ciências” a
partir de sua Oração de Sapiência na abertura solene das aulas na Universidade de Coimbra em 1985/86.Mesmo com a contemporaneidade do autor, as indagações lançadas no início da década de 1980
são atuais e ao mesmo passo remetem discussões da própria origem da(s) ciência(s).
Gostei de algumas citações do autor ainda no prefácio à edição brasileira: de sua posição
epistemológica antipositivista; todo conhecimento científico é socialmente construído; seu rigor tem
limites inultrapassáveis; e sua objetividade não implica neutralidade.
A Ciência rompe com o senso comum e encontra-se em transformação, talvez caminhando em
direção de um novo e mais esclarecido senso comum. Hoje de novo em mudança, estamos perplexos, não
somos os mesmos. Tendência a perder a confiança epistemológica.
Os cientistas modernos nascem no século XVI. Deste período também desenvolve-se o que
chamaram de Revolução científica com Copérnico, Galileu e Newton.
Reflexão sobre os limites do rigor cientifico.
Complexidade e ambiguidade: nos momentos de transição como o que vivemos volta-se as coisas
e perguntas simples.
O progresso da ciência e das artes servem para purificar ou corromper nossos costumes.
Há uma relação entre ciência e virtude?
Qual o valor do conhecimento: ordinário ou vulgar?
Estamos no fim de um ciclo hegemônico de uma certa ordem cientifica.O autor caracteriza sinais de uma perfil de uma nova ordem cientifica emergente: perda de sentido
em diferenciar ciências naturais e sociais; síntese catalizadora das ciências sociais e sua recusa ao
positivismo lógico, empírico ou mecanismo Referência:
SOUSA SANTOS, Boaventura de. Um Discurso sobre as Ciências. 7 ed. São Paulo: Cortez, 2010

ver artigo original (geoprof)

Sobre o autor

Gabriel Caldeira

Técnico Ambiental, Blogueiro, youtuber, adepto a esportes radicais em meio a natureza, professor de geografia e de vários cursos virtuais, atualmente está cursando Geografia na PUC Minas. Trabalha incansavelmente, para promover o compartilhamento de informações relevantes na rede, escreve, grava, edita e compartilha todo tipo de coisa que envolva a geografia.
É aspirante a documentarista, engajado nas causas ambientais e sempre caminha no sentido da inovação.

Deixe um comentário